Sep 23, 2010

'Ela', uma história.

Talvez Ela tivesse sido completamente enganada pelo destino e engrenado em uma situação fora do comum. Ela conheceu um cara. Um cara que morava muito longe dela, muito longe mesmo, aonde o sol não se põe no mar e as pessoas pensam em uma vida melhor na cidade grande. Ela se apaixonou por ele, de forma que não pudesse voltar e tudo para ela era ele e vice e versa. Mas esse cara conheceu outra garota que atrapalhou o romance dos dois. Deixou tudo desajeitado, e bom, essa 'nova garota' se achou 'melhor' do que 'Ela' (o que nunca foi verdade). Ela foi enganada pelo cara que foi enganado pela outra garota que não tinha nada haver com a história. Que na verdade era uma bastarda perdida só pelo fato de um outro cara simplesmente ter deixado ela. Ela, a garota que foi enganada pelo destino, também conheceu um garoto. Um garoto que não era melhor nem pior do que aquele que mora muito longe dela, mesmo que esse novo garoto também morasse. Ela se viu nos olhos do novo garoto, mas ele percebeu que ela nunca seria dele por completo. E então ele se afastou... Deixando-a presa na situação junto com o primeiro garoto e a garota bastarda. Um tempo depois Ela descobriu tudo; descobriu que o primeiro garoto mentia para ela em relação à bastarda e que dizia que 'gostava dela' mais do que a garota do início dessa história. Ela chorou, mas ele pediu perdão mil vezes em sete dias jurando estar errado e ter visto isso tarde demais. Ela o perdôou. 
Tudo parecia perfeito até que o segundo garoto retornou. Voltou de uma longa viajem junto com uma nova garota que ele conheceu e começou a namorar. Ela e o garoto que voltou se olharam, e viram que muita coisa havia mudado, mas que eles sentiam algo, algo que simplesmente não podia ser ignorado. Mas o segundo garoto que agora estava com sua 'nova' garota' ignorou; 'amadureceu', como disse o próprio, mas ainda continua na defensiva, esperando para que a garota que o conheceu no momento em que estava com o seu primeiro garoto e com problemas com uma bastarda, venha para abraça-lo e dizer que ainda o ama, e que ainda o quer. A história de 'Ela' ainda não terminou. Ela ainda está com o primeiro garoto, com uma bastarda que foi embora mais que ainda vaga perambulante e bêbada de ódio e de bebida barata pelas ruas da grande metrópole indo pra casa de um cara que conheceu num bar na mesma noite e ainda cria esperanças com um garoto que está com uma namorada que não faz o gênero dele e que ainda vai doar seu lugar para 'Ela', que ainda merece estar ali...

4 comentários:

Gabrielly said...

Realmente muito lindo! *-*
gostei muito do seu blog! e a propósito, obrigada pela visita ao meu blog e pelos elogios, estou seguindo também, beijos :*

http://gabrielly-meujardimsecreto.blogspot.com/

D'Angelo Rosenheim said...

Gostei bastante, guria.

D'Angelo Rosenheim said...

Disponha, voltarei mais vezes.

Kloue said...

Olha, eu juro que conheço essa história, e eu rezo tanto pra que de certo *-*

Post a Comment