Sep 28, 2010

Come as you are.

Eu te encontro na defensiva sempre. Escondendo as palavras em uma expressão que por si só já me diz alguma coisa. Passo ao seu lado e você disfarça, eu ao contrário de você encaro seus olhos marejados em busca de respostas que talvez nem se quer existam. Eu não te tenho somente como um amigo, mas  te tenho menos do que um irmão e mais do que uma simples afeição temporária. Na realidade eu não sei como tenho você e na verdade eu nem quero saber. Desligue o amplificador da guitarra que está ligado no seu fone de ouvido velho e quebradiço. Venha como você é, de encontro as palavras não ditas e ao sentimento renegado. Eu te conheço melhor do que imagina e mesmo assim ainda não sei nada.

Nós não fomos tão longe como certas pessoas foram (uma das quais foi longe demais eu me decepcionei) e você variou de momento, de essência mas ainda tem seu talento acentuado em me alegrar. Estagnamos e ao mesmo tempo você seguiu em frente. Eu parei, você caminhou e nesse caminho se mostrou forte em superar o que nem se quer existiu. Acredite garoto, eu te admiro, e odeio você mais uma vez por isso. Talvez não haja lábio-com-lábio mas já houve abraços, já houve entendimento e uma certa compreenção. E bom, talvez eu deva amar você por isso.

Eles talvez não entendam quando escrevo algo sem nexo quando minha inspiração é você. Mas eu não ligo. O número do celular é o mesmo, caso queira saber. E cara, não ligo pro que você é, pro que deixou de ser e coisa e tal. Não vivemos no tempo da brilhantina, mas ainda vejo você reluzir ao passar pelas ruas da cidade. Me traga um bom papo sem o trago de cigarro que te deixa sem saber o que dizer e então, faremos um trato. Que tal eu por você e você por mim? Quem perder fica com o outro. 
Acho particularmente justo.

3 comentários:

Millena Blogueira said...

O amor tem destas coisas.

Rogerio said...

gostei do texto...bem escrito...o amor sempre e bom escrever sobre esse sentimento...

@babinobrega said...

Caramba... tenho tentado escrever um texto sobre uma certa pessoa há uns 8 meses e nunca consigo dizer realmente tudo que quero. Você conseguiu dizer justamente o que eu queria! Adorei o texto, vc tem mt talento!

Post a Comment